Marcado: quando o céu invade a terra

Quando o Céu Invade a Terra – Bill Johnson

Quando O Céu Invade A Terra - Bill Johnson


Alguns anos atrás, ouvi uma conversa que me perturbou sobremaneira. Aconteceu na festa do 90º aniversário de meu tio, Davi Morken. Junto com uma multidão formada por familiares, vários parceiros de ministério reuniram-se para a celebração. Meu tio, quando jovem, fora solista de Aimee Semple McPherson antes de se tornar um missionário na China e na Sumatra. Depois, tornou-se o braço direito de Billy Graham. Seus feitos são impressionates, mas isso é assunto para outro momento. 

À noite quando a festa se aproximava de seu encerramento, vi alguns dos santos mais idosos conversando. Ao notar que falavam sobre o derramamento do Espírito durante o ministério de Aimee Semple McPherson, não pude deixar de ouvir. Com o entusiasmo de um jovem, um dizia ao outro: “Era como se o céu estivesse na terra”. Ali estavam eles, cerca de setenta anos após esses acontecimentos, com os olhos brilhantes por causa da memória das coisas que outros mal podiam sonhar que tivessem acontecido. A experiência deles tornou-se um padrão por meio do qual todos os outros dias tinham de ser medidos. Aquelas palavras me tocaram profundamente.

Meu coração anseia por proximidade da vinda de Deus. Vivo para o reavivamento que está desvelando e creio que será superior a todos os movimentos que o precederam, trazendo mais de 1 bilhão de almas para o Reino. Todavia, para esse momento único, gostaria de poder retroceder no tempo.

Por pertencer à quinta geração de pastores, pela família de meu pai, e à quarta de minha mãe, cresci ouvindo falar sobre os grandes movimentos de Deus. Meus avós ministraram sob a tutela de Smith Wigglesworth e outros notáveis reavivalistas. (Lembro-me de meu avô contando-me: “Nem todo mundo gostava  de Wigglesworth”. Obviamente, ele é muito amado hoje em dia. Israel também passou a amar seus profetas depois que eles morreram.)

Meu avô e minha avó Morken foram batizados no Espírito Santo em 1901 e 1903, respectivamente, e amavam falar sobre o que viram e experimentaram. Eles estão no céu há mais de vinte e cinco anos; e eu só desejaria ter outra oportunidade de ouvir suas histórias e lhes fazer algumas perguntas que não fiz quando jovem. Para mim, tudo faria muito mais sentido agora.

Minha busca descrita neste livro começou há muitos anos. Eu precisava ser o evangelho na vida da mesma forma que o via impresso. Para mim, essa era uma questão de ser fiel a Deus. Entretanto, logo descobri que pagaria um alto preço por essa busca. Muitos mal-entendidos surgem quando procuramos algo que outros ignoram.

“Eu não poderia limitar meus valores e buscas ao que leva outros a se sentir confortáveis. Por estar possuído por uma uma promessa, vivo sem opção. Passarei o resto de minha vida explorando o que poderia acontecer por intermédio de alguém que esteja disposto a cultivar o apetite, dado por Deus, para ver as impossibilidades render-se ao nome de Jesus. Todos os meus ovos estão nessa única cesta. Não existe Plano B. E é com essa disposição de espírito que escrevo”. “Quando o Céu Invade a Terra” por Bill Johnson >> ADQUIRA: http://bit.ly/CeuTerra

Bill Johnson é da quinta geração de pastores de sua família. Ele e a esposa servem juntos um crescente número de igrejas que têm feito parcerias em prol do reavivamento. Bill é pastor sênior da Igreja Betel, em Redding, Califórnia. Todos os três filhos e seus respectivos cônjuges estão envolvidos com o ministério em tempo integral. O casal tem quatro netos. Contato: www.bjm.org

Anúncios