Marcado: louvor

Som do Reino 26-27 de Julho em São Paulo

Imagem

O projeto nasceu com o objetivo de cumprir com a missão de Jesus: Ir e fazer discípulos para amar, servir e libertar.  Nosso coração anseia em marchar com um ritmo diferente para manifestar a glória de Deus através da palavra e da música levando as pessoas  a se envolverem com Missões.  Toda renda será revertida para sustento e projetos missionários.

Nós convidados você para estar conosco nos dias 26 e 27 de Julho em São Paulo com o objetivo de mobilizar pessoas que irão moldar a cultura e transformar nações com o amor de Jesus.

Todos os ministros convidados estão envolvidos em tempo integral com missões.

Estamos planejando também a gravação de um DVD ao vivo. Também todos os lucros com a venda deste material serão revertidos para o sustento de missões.

Missão: Manifestar a glória de Deus através da música levando o seu povo a se envolver com Missões.

Valores: Adoração, Unidade, Oração, Jejum, Arrependimento, Transformação, Reconciliação, Novidade, Preparo, Avivamento, Santidade.

Três maneiras para ajudar-nos a alcançar a missão:

1. Orar por nós. {Tiago 5:16}
2. Doar. Ajude-nos financeiramente. Nós precisamos de sua ajuda. {2 Coríntios. 9: 6 e 7}
2. Compartilhar a palavra sobre o Som do Reino em sua Igreja!

BREVE DIVULGAREMOS MAIS INFORMAÇÕES

Anúncios

Louvor ou Missões? por Keith Green

Desde que posso me lembrar, o maior sonho do Keith Green era se tornar um sucesso musical. Entretanto após render sua vida a Jesus, Ele sentiu a necessidade de render aqueles sonhos e aspirações entregando sua música…talvez até sem nunca mais se apresentar em público. Ironicamente, algum tempo depois Deus o liberou para a música novamente, ele rapidamente assinou um contrato de gravação do seu primeiro álbum e foi para o topo da lista de Música Cristã Contemporânea. A mensagem a seguir nasceu dos encontros de Keith com aqueles que se aproximavam dele, geralmente após as ministrações, para perguntar como eles poderiam se tornar “grandes” na música cristã.

Hoje, tantas pessoas me perguntam como elas podem começar ou entrar no ministério de música. Em shows eu recebo inúmeras perguntas sobre isso, e eu recebo milhares de cartas e até algumas ligações de longa distância de pessoas que sentem que são chamados apenas para o “ministério de música”. Um dia eu comecei a me perguntar porque somente poucas pessoas já me perguntaram como se tornar um missionário, ou até um pregador de rua, ou como discipular um novo convertido. Parece que todos preferem os holofotes do que eles acham que ministério de música deva ser ao invés da lama e obscuridade do campo missionário ou das ruas do gueto ou até a doce verdade espiritual de ser um ninguém que o Senhor usa poderosamente em pequenas coisas do dia-a-dia.

Você está desejando?

Minha resposta a pergunta deles é sempre a mesma. “Você está desejando nunca mais tocar novamente? Você está desejando ser um ninguém? Você está desejando ir pra qualquer lugar e fazer qualquer coisa para Cristo? Você está desejando ficar onde está e permitir que o Senhor faça grandes coisas através de você, mesmo que ninguém nunca veja nada?” Todos parecem responder cada uma dessas perguntas com um rápido “Sim”! Mas eu realmente duvido do que suas respostas dizem.

Fã-clubes

Minha querida família em Jesus, porque somos tão fanáticos? Porque idolatramos cantores cristãos e pregadores? Passamos de glorificar músicos no mundo para glorificar músicos cristãos. É tudo idolatria! Você não pode ver isso? É verdade que há muitos homens e mulheres de Deus que são grandemente ungidos para atrair o Espírito de Deus sobre o Seu povo e perdidos. Mas Satanás está obtendo uma grande vitória enquanto parece que louvamos esses ministros em fitas e gravações e clamamos para conseguir seus autógrafos em igrejas e casas de show de costa a costa.

Você não percebe que você está ferindo esses ministros? Eles tentam desesperadamente dizer a você que eles não merecem ser louvados, e por causa disso você os louva ainda mais. Vocês estão sufocando eles, fazendo com que seja praticamente impossível que eles percebam que realmente tudo sobre Jesus. Eles ficam falando a eles mesmos isso, mas vocês ficam falando a eles que é realmente tudo sobre eles, destruindo a humildade deles e bloqueando o Espírito que está tentando manter olhos deles em Jesus.

Verdadeiramente, queremos nos tornar o que idolatramos, as vezes com todo nosso coração. Então uma porção de gente que quer parecer com seu cantor ou ministro favorito, busque depois disso com o mesmo fervor que o Senhor demanda que busquemos a Ele! E novamente, nós insultamos o Espírito da Graça e tentamos colocar nosso nome à mostra, ao invés de colocar o nome de Jesus.

Um trabalho sem agradecimento

Porque ninguém idolatra ou louva missionários que largaram mão de tudo e vivem em pobreza, colocando em perigo sua vida e família com todo perigo que o “American Dream” quase que eliminou? Como pode ninguém nunca exaltar os ministérios de rua e prisões que nunca podem aceitar uma oferta porque se eles aceitassem eles iriam chorar ou rir do que receberam?

Como é possível?

Porque fomos ensinados desde há muito tempo que o conforto é nosso alvo e segurança e que devemos sempre buscar várias pessoas que gostem de nós. Quem vive menos confortavelmente e tem menos amigos do que os missionários vazios de si que sofreram inúmeras vezes, pessoas que morreram cedo tentando conquistar almas e nações para a glória de Deus? Você realmente crê que estamos vivendo os últimos tempos? Então porque você gasta mais dinheiro em música gospel e shows do que dá para organizações que alimentam os pobres ou missionários no campo?

Há ministros ao redor de todo o mundo onde pessoas sem dinheiro estão sendo salvas e transformadas. São pessoas quebradas que possuem promessas e qualidades, mas simplesmente precisam de alguém que leve a luz de Deus durante o tempo em que vivem completamente sem esperança.

Eu me arrependo de um dia ter gravado uma única música e ter feito um concerto se a minha música, e mais importante, minha vida não tiver provocado em você um ciúmes de Deus (Romanos 11:11) ou de se entregar completamente a Jesus.

Desista de tentar fazer “deuses” de ministros e pare de tentar desejar ser como eles. O Senhor te ordena: Negue-se a si mesmo, carregue a sua cruz e siga-me (Lucas 9:23). Meu piano não é a minha cruz, é a minha ferramenta. Eu nunca mais tocaria se Deus me mostrasse uma ferramenta mais efetiva em minha vida para proclamar o evangelho. Deus nos deu uma ferramenta única. Mas podemos nunca usá-la se ficarmos mais interessados na de outra pessoa. Busque a Deus, pergunte a Ele pelo plano dEle para o seu ministério (o verdadeiro, o ministério que glorifique a Deus) na sua vida.

Conclusão

Para finalizar, deixe-me dizer que o único ministro de música que o Senhor irá dizer: “Muito bem, servo bom e fiel” é aquele que a vida prova o que cantam e a quem a música é destinada é a parte mais importante de sua vida. Glorificar o único que é digno deve ser o maior ministério e objetivo.

Vamos todos nos arrepender da idolatria em nossos corações e nossos desejos para uma vida confortavel e recompensadora, quando na verdade a Bíblia nos diz que estamos aqui apenas de passagem como estrangeiros e peregrinos desse mundo (Hebreus 11:13), pois nossa recompensa está no céu. Não vamos nos esquecer que nosso dever para o Senhor é “…não comente crendo nEle mas também participando de seus sofrimentos” (Filip 1:29).

Amém. Vamos morrer graciosamente juntos e permanecer firmes até o fim como bravos soldados que dão a sua vida sem hesitar, para o nosso nobre e glorioso Rei da Luz.

Traduzido por André Aquino. Texto original www.lastdaysministries.org

Copyright Cultura do Reino. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Cultura do Reino  (aculturadoreino@gmail.com).